(67) 99869-0605
domingo, 03 de março de 2024
Mundo | quarta, 18 de outubro de 2023 - 17:56

Biden anuncia que Egito liberou entrada de ajuda humanitária em Gaza

Caminhões com centenas de toneladas de alimentos e suprimentos aguardavam permissão para entrar na zona de guerra
Caminhões aguardam no Egito para levar insumos básicos aos palestinos na Faixa de Gaza SAID KHATIB/AFP 16.10.23Caminhões aguardam no Egito para levar insumos básicos aos palestinos na Faixa de Gaza SAID KHATIB/AFP 16.10.23

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse nesta quarta-feira (18) que o governo do Egito autorizou a entrada de até 20 caminhões de ajuda humanitária em Gaza. Israel vem atacando a Faixa de Gaza repetidamente desde 7 de outubro, quando terroristas do Hamas lançaram o maior ataque da história contra o território israelense e mataram mais de 1.400 pessoas no país, incluindo civis.

Segundo Biden, o presidente do Egito, Abdel Fattah al-Sisi, autorizou a abertura da passagem de Rafah, fronteira que fica no sul da Faixa de Gaza com a região do Sinai egípcio. Nos últimos dias, caminhões com centenas de toneladas de alimentos e suprimentos formavam uma fila no posto de bloqueio, aguardando a autorização para entrar em Gaza.

O anúncio é uma vitória pessoal do mandatário americano, que esteve em Israel hoje e se encontrou com o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu. Durante o encontro, Biden pediu, e o governo israelense autorizou, a entrada de ajuda humanitária à população civil da Faixa de Gaza pela fronteira com o Egito.

Apesar de não sair completamente como planejada, a visita do presidente Joe Biden a Israel nesta quarta-feira também trouxe algum alívio, ao menos por um curto período, ao conflito entre Israel e o Hamas.

Havia o temor de que o ataque no qual centenas de palestinos morreram durante a explosão de um foguete no hospital Al-Ahli al-Arabi, na Faixa de Gaza, levasse a um aumento na violência dos extremistas islâmicos. A presença de Biden — e de um forte esquema de segurança — adiou essa possibilidade.



Fonte: INTERNACIONAL | Do R7.com
Veja Também
Comentários