+55 (67) 3546.2571
sexta, 19 de agosto de 2022
terça, 2 de agosto de 2022 - 09:30

Ronaldo elogia título da seleção brasileira feminina e trabalho de Pia Sundhage

No último sábado, seleção feminina conquistou o 8º título da Copa América

Realizando um bom trabalho na direção de Cruzeiro, líder da Série B, e também no Valladolid, de volta à elite do Campeonato Espanhol, o ex-atacante Ronaldo dedicou um tempo nos últimos dias para acompanhar a seleção brasileira feminina na Copa América e não poupou elogios ao trabalho de renovação feito na equipe pela técnica sueca Pia Sundhage.

No sábado, com 1 a 0 sobre a anfitriã Colômbia, a seleção conquistou seu oitavo título em nove edições da Copa América, mostrando que ainda não tem rivais à altura no continente. Ganhou os seis jogos, anotou 20 gols e não levou nenhum, mesmo com 18 das 23 convocadas disputando sua primeira grande competição.

"Olhando a forma como nossa equipe marcou os gols e também como atuaram nas partidas, temos que destacar o trabalho em grupo dessas meninas antes de mais nada", disse o Fenômeno, em entrevista à Betfair. "Sabemos que o Brasil é a maior potência da América do Sul e vem num processo de construção com a técnica Pia. Nossa seleção chegou até a final sem sofrer gols e com a melhor campanha, mérito de tudo que vem sendo feito nos últimos anos no futebol brasileiro", elogiou.

O título garantiu vaga para o Brasil na Copa do Mundo de 2023, com sede na  e na Nova Zelândia, e Ronaldo não descartou ver a equipe de Pia Sundhage fazendo um bom trabalho com as potências da Europa, além dos fortes times dos EUA e do Japão. A seleção também estará nos Jogos Olímpicos de Paris-24.

"Temos um ano até lá e tenho certeza que as seleções vão se preparar da melhor forma possível. O Brasil sabe que ainda tem um caminho a percorrer para se desenvolver cada vez mais, mas sabemos também o quanto uma Copa do Mundo pode ser imprevisível, emocionante e ter excelentes jogos."

Ronaldo aproveitou para também falar da Eurocopa Feminina, na qual a  conquistou o inédito título com vitória por 2 a 1 sobre a Alemanha, na prorrogação, com o lendário estádio de Wembley lotado.

"Chama atenção o nível de organização da Uefa, que tratou a competição como um produto com grande potencial e naturalmente vemos um público forte marcando presença, além de muitas marcas investindo", avaliou. "Sei que a Inglaterra trouxe uma treinadora holandesa experiente e está construindo um time muito forte, que quer construir a própria história."



Fonte: Midiamax
Veja Também
Comentários