(67) 99869-0605
domingo, 03 de março de 2024
terça, 6 de novembro de 2012 - 11:23

Marcos Valério não precisa de proteção

O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, afirmou nesta segunda-feira (5), em Aracaju, que Marcos Valério, apontado como operador do esquema do mensalão, não corre risco iminente e, por isso, não precisa ser incluído imediatamente no programa de proteção às testemunhas.

Gurgel disse apoiar essa conclusão em informação que recebeu da própria defesa de Valério, condenado a 40 anos de prisão pelo Supremo Tribunal Federal. De acordo com o procurador-geral da República, o advogado Marcelo Leonardo afirmou que Valério teria de receber segurança do estado somente na hipótese de fazer novas revelações sobre o esquema do mensalão.

“A notícia que me chegou dele [Marcos Valério] foi no sentido de que não havia nada que justificasse uma providência imediata. Agora, se ele viesse a fazer novas revelações, aí sim, esse risco poderia se consubstanciar”, afirmou o procurador-geral em um hotel de Aracaju (SE) que sediará nesta terça (6) o Encontro Nacional do Poder Judiciário.


Veja Também
Comentários