(67) 99869-0605
domingo, 26 de maio de 2024
quarta, 11 de setembro de 2013 - 16:05

Para presidente de partido, membros do PMDB têm que ‘afinar discurso’ sobre Senado

Após rumores de que a vice-governadora Simone Tebet (PMDB) iria desistir de disputar o Senado para abrir vagas para alianças, o presidente regional do PSDB, Márcio Monteiro acredita que é preciso “afinar o discurso”, antes de tentar alianças.

Isto porque Monteiro confirmou que Nelsinho Trad (PMDB) já o teria procurado para conversar. “Mas dois dias depois o governador [André Puccinelli] deu entrevista dizendo que a Simone era definida para o Senado. Então eles têm que se entender primeiro”, destacou o deputado.

Com o PMDB lançando Nelsinho ao governo e Simone ao Senado, as chances de alianças diminuem.

“São os dois cargos mais fortes. Nisso eles já descartam de vez qualquer aliança e de fato desistindo da vaga ao Senado o diálogo pode ser retomado, tanto com o PSDB, quanto para outros partidos”, concluiu Monteiro em sessão da Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (11).

O presidente da Assembleia, deputado estadual Jerson Domingos (PMDB), também comentou da possível desistência de Simone e volta a defendê-la na disputa.

“Meu posicionamento quanto a pré-candidatos é de que ainda devemos esperar as convenções terminarem. Mas acho muito estranho a Simone abdicar da vaga ao Senado para que o Nelsinho forme alianças. Se ela fizer isso vai desfalcar as bases do partido no Estado”, concluiu Jerson.
Veja Também
Comentários