(67) 99869-0605
sábado, 02 de março de 2024
quarta, 31 de outubro de 2012 - 16:13

"Sou prefeito a partir de 1º de janeiro”, diz Alcides Bernal sobre IPTU

“Sou prefeito a partir de primeiro de janeiro”. Com essa frase, o prefeito eleito de Campo Grande, o deputado estadual Alcides Bernal (PP), respondeu, na Assembleia Legislativa, esta manhã, ao ser perguntado se vai interferir no projeto do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) que está para ser encaminhado à Câmara de Vereadores, prevendo os valores para o próximo ano.

Ontem, o prefeito Nelsinho Trad informou que vai disponibilizar o projeto para receber sugestões da equipe de transição de Bernal. Ao ser indagado sobre o assunto na Assembleia, o progressista insistiu que só pode ser responsabilizado por algum ato a partir de primeiro de janeiro, quando assume.

O deputado estadual reforçou que, até lá, “o prefeito se chama Nelsinho Trad”. “Está sobre os ombros dele e dos vereadores esta responsabilidade”, afirmou.

Ele não disse se dará alguma sugestão ao projeto do IPTU. O plano de governo dele informa, sobre os impostos que, “com a redução de gastos públicos desnecessários será possível uma
revisão nos tributos, principalmente o IPTU, oferecendo um ganho econômico em escala, através do seu congelamento ou diminuição de alíquota aplicável.

Quando falou sobre o assunto esta manhã, Bernal disse que é “contra qualquer aumento do tributo”. Disse, ainda, que as “propostas que fez serão cumpridas”

Assim como a resposta sobre o IPTU, o prefeito disse que “só a partir de janeiro” trata sobre o impasse envolvendo o prédio da Câmara de vereadores. “É um problema que eles criaram”, afirmou.

Sobre a equipe de transição, Bernal afirmou que os primeiros nomes devem ser anunciados na próxima semana. Havia uma expectativa de que algum nome surgisse já a partir de hoje.

Veja Também
Comentários