(67) 99869-0605
quinta, 30 de maio de 2024
segunda, 9 de setembro de 2013 - 13:00

Governador destaca desfile da Independência como ato pleno de democracia

Durante as comemorações dos 191 anos da Independência do Brasil, que aconteceu na manhã deste sábado (7) em Campo Grande, o governador André Puccinelli, que revistou as tropas das forças armadas com o comandante Militar do Oeste, general de Exército João Francisco Ferreira, destacou que as comemorações do Dia da Independência são um exercício pleno da democracia dos cidadãos brasileiros.

De acordo com Puccinelli, o Brasil é um país privilegiado por não ter sofrido bombardeios de uma guerra, ao comparar os momentos passados por sua família na Itália, país natal do governador. “Meus pais contavam horrores da guerra na Itália e, vejo o Brasil como um país pródigo, onde a democracia prevalece. Somos um povo feliz que não sentiu a guerra dentro do seu território”, salientou.

Ainda segundo o chefe do executivo, o brasileiro tem se mostrado cada vez presente nos desfiles cívicos, especialmente os que acontecem em Campo Grande. “O campo-grandense gosta de desfiles. Tomamos como exemplo os desfiles de aniversário da cidade e este da Independência. Olhem o tanto de gente. O povo prestigia e isso é importante para a democracia. É importante que a pátria possa comemorar sua independência”, destacou.

Desfile

No intuito de desenvolver e aprimorar o espírito cívico da população sul-mato-grossense, 2.640 militares das Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica), órgãos da Segurança Pública (bombeiros com viaturas) e civis se apresentaram para um público esperado de 10 mil pessoas.

A cerimônia começou com o acendimento da Chama Sagrada da Pátria, simbolizando o calor patriótico do povo brasileiro. Na sequência, foi realizado o desfile com a participação de oito instituições civis, com cerca de 600 integrantes, seguidos pelas tropas “a pé” do Exército, dos militares da Base Aérea de Campo Grande, do Pelotão da Marinha e do Corpo de Bombeiros, que deram sequência as comemorações.


Veja Também
Comentários